Um blog do Travellerspoint

This blog is published chronologically. Go straight to the most recent post.

Preparando as malas !

sunny

Tá chegando a hora !

Já estamos arrumando as malas para nossa trip pela Europa 2011.

Embarcamos na sexta dia 29/04.

Desta vez nosso destino será a Europa Central: começando por Viena, passando por Budapeste, seguindo por Praga e depois por Berlim. Para encerrar, Paris para matar saudade.

Serão 18 dias no total e 5 cinco grandes capitais para conhecer.

Vamos nessa !

DSC01186.jpg

Publicado por lnsilva 23:55 Tagged preparativos Comentários (0)

Roteiro

sunny 17 °C

O roteiro da viagem é o seguinte:

29/abr - POA para GRU pela manhã e GRU para MAD a tarde
30/abr - Chegada em Viena
01/mai - Viena
02/mai - Viena
03/mai - Viena - Budapeste (trem - tarde)
04/mai - Budapeste
05/mai - Budapeste - Praga (trem - tarde)
06/mai - Praga
07/mai - Praga
08/mai - Praga
09/mai - Praga - Berlim (trem - manhã passando o dia em Dresden)
10/mai - Berlim
11/mai - Berlim
12/mai - Berlim
13/mai - Berlim - Paris (avião pela manhã – de SCH p/ ORL
14/mai - Paris
15/mai - Paris - Guarulhos (avião noite via Madrid)
16/mai - Guarulhos - POA

Tá tudo certo:
passaportes ok, passagens aéreas na mão, bilhetes dos trens e reservas dos hotéis confirmadas, seguro...

Como dizia um ex dirigente do greminho "fizemos um bom pla-ne-ja-mento....".

Agora é só partir pro abraço.

:)

DSC00457.jpg

Publicado por lnsilva 4:34 Arquivado em Brasil Tagged preparativos Comentários (0)

Dia 1 - Ida para Europa

semi-overcast 22 °C

A viagem ainda nem tinha começado mas as emoções já. Ainda na quinta, soubemos que o hotel que iríamos ficar em Paris pegou fogo ! Vai ficar fechado alguns dias para reforma. Foi a operadora que nos contatou avisando que já fomos transferidos para outro hotel, da mesma categoria e a 500 metros do original. No stresss...

Nosso vôo de Porto Alegre pra Guarulhos foi na sexta pela manhã. Ao acordar, na Gaúcha o Macedo anunciou que o aeroporto estava fechado para pousos devido a neblina. Mais emoções. Mas não deu nada. O vôo saiu as 10 hs, sem atrasos.

Em Guarulhos também foi tranquilo. Check in na Ibéria e o vôo confirmado para Madrid, de onde fizemos a conexão para Viena, às 15:35.

Olha na fotinho o penúltimo voo da lista é o nosso !

embarque_gru.jpg

O único "problema" foi o assalto na lancheria de embarque internacional em Guarulhos. Um sanduiche, um suco e um capuccino pela bagatela de R$ 30 reais. Absurdo total ! E as opções são: sim ou não.

No mais, foi tudo tranquilo.

Chegamos em Madrid e a imigração foi rápida e rasteira. A mulher só perguntou o destino, o que estavamos fazendo na Espanha e pediu nossas reservas para a volta. Levou 2 minutos.

O aeroporto de Barajas em Madrid é fantástico. Bem sinalizado, limpo, organizado. Chegamos no Terminal 4 Satelite e nosso voo para Viena era no Terminal 4. Um outro prédio e praticamente um outro aeroporto. Para ir de um terminal para outro tem um metrô com cara de aeromóvel disponível que sai de 3 em 3 minutos. Grátis.

A gente vendo o aeroporto de Madrid fica pensando na Copa do Mundo e Olimpiadas no Brasil. Vamos de Guarulhos e Galeão para cima deles ! Que vergonha. Mas numa coisa a gente ganha: o preço nas lancherias. Mesmo em EURO, em Barajas os lanches são mais baratos que em Guarulhos.

Uma palhinha do aeroporto:

barajas.jpg

Pessoal da Infraero podia fazer um estágio por aqui.

Daí para frente foram 2 horas aguardando a conexão. Que também saiu no horário. Chegamos em Viena 12hs, hora local.

Publicado por lnsilva 5:03 Arquivado em Brasil Tagged viagem Comentários (0)

Dia 2 - Viena

semi-overcast 18 °C

Chegamos em Viena as 12hs de sábado. A viagem foi cansativa. O voo saindo cedo do Brasil não dá sono, apesar do vinho. E o fuso de 5 horas a mais encurta a noite. Ou seja praticamente não dormimos.

Ao pegar as malas vimos que a rodinha da mala da Kithi foi arrancada pela delicadeza que deve ter sido as conexões. Já tinha acontecido isso com a mesma mala num retorno de Buenos Aires com a Aerolineas. Eles pagaram o conserto. Mas dessa vez ao reclamar na Ibéria o cidadão me mostrou um aviso que no fundo dizia "faz parte". Não vamos brigar na chegada. A mala tinha 4 rodas as 2 de trás tão beleza. Vamos curtir nossa viagem.

Para ir de aeroporto de Viena para o centro pegamos o CAT (City Aeroport Transfer). Um trem rápido que liga o aeroporto a estação Viena - Mitte no centro da cidade em 15 minutos. De lá, táxi para o hotel. Mercedes Benz com teto solar e tudo. Aliás, quase todos os táxis de Viena são Mercedes.

Nos instalamos e fomos ao ataque. Sobre o hotel só dá para dizer que estamos arregados. Ao deitar na cama nem deu mais vontade de sair.

Começamos pegando um ônibus para o Stadpark, um belo parque no centro de Viena. Depois, embarcamos no Tram (bonde) linha 2 que faz um trajeto que é uma espécie de city tour, passando pelos principais pontos da cidade. fizemos o mesmo com a linha 1.

Reconhecido parte do terreno, acabou a moleza. Vamos caminhar. Seguem algumas imagens:

Parlamento:
parlamento.jpg

Começando os trabalhos:
trabalhos.jpg

Complexo do Castelo Hofburg:
hofburg.jpg

Catedral Stephansdom (Santo Estevão):
st_stephan.jpg

A noite jantamos num restaurante-boate perto do hotel. Tava lotado, com som estilo Jurere Intenacional e clima muito bom. Mas o cansaço (e as cevas) bateu e retornamos para o hotel.

Amanhã segue o baile.

Publicado por lnsilva 14:37 Arquivado em Áustria Tagged viena Comentários (1)

Dia 3 - Viena

overcast 17 °C

Iniciamos o terceiro dia, 1º de Maio, no Palácio Belvedere. Ele foi construído para ser a residência de verão do príncipe Eugene de Savoy como recompensa por suas vitórias na Sucessão Espanhola. São dois prédios Unteres e Oberes (alto e baixo) Belverede.

Também, foi aqui que foi assinada a independência da Austria em 1955.

Oberes Belvedere:
belvedere.jpg

Depois visitamos a igreja Karlskirche (igreja de São Carlos Bartolomeu). Subimos até a cúpula num elevador provisório para poder ver o teto que imita a Basílica de São Pedro no Vaticano.

Karlskirche:
karlskirche.jpg

Seguimos para o Museu Kunsthistorisches (museu de história antiga). Ele possui uma grande coleção Egipcia e Grega, álém dos quadros de grandes pintores da Alemanha, Austria e Itália.

Caminhando pelo Ring (anel viário que circunda o centro de Viena) vimos uma passeata do dia 1º de Maio. Galera reclamando por emprego, melhores salários, crise do Euro. É aqui também tem.

Na sequência fomos comer a famosa torta Sacher no café do Hotel Sacher. Fila para comer a torta. Torta Sacher para a Kithi e um autêntico Apfelstrudel para o Leandro.

De lamber os beiços:
sacher.jpg

No final da tarde fomos até o Donauinsel, uma extensa faixa de terra no meio dos canais do Danúbio tranformado em parque.

Olha o Danúbio aí:
danubio.jpg

O por do sol do Guaíba é imbatível. Mas depois de um dia nublado e com chuviscos, o do Danúbio também fez bonito:
pordosol.jpg

Na volta passamos no Praterstern. Um grande parque público, com um grande parque de diversões. Subimos na famosa roda gigante Riesenrad, construída em 1897.

Vista do Prater a partir da roda gigante Riesenrad:
prater_roda_gigante.jpg

Estava bem lotado. Acabamos o dia por ali mesmo. Havia um festival com show de rock de bandas locais, comemoração do 1º de Maio. Fomos embora pelas 22hs, após a queima de fogos e ainda tinha muita gente.

Prater com a roda gigante a direita e o final da queima de fogos:
fogos.jpg

Chegamos podres no hotel e ainda deu tempo de ouvir pela internet o Renan pegando penaltis no gre-Nal. Amanhã, vamos desfilar de manto vermelho por Viena.

:)

Publicado por lnsilva 14:20 Arquivado em Áustria Tagged viena Comentários (0)

Dia 4 - Viena

sunny 20 °C

Na segunda, dia 02/05, fomos conhecer os castelos dos Habsburgos, que por anos foram os donos da Austria e do império Austro-hungaro.

Começamos pelo Schloss Schonbrunn (Palácio Schonbrunn) a residencia de verão dos Habsburgos. Seus hóspedes mais famosos foram o Imperador Joseph e a Imperatriz Elizabeth (Sissi, para os íntimos). O palácio é enorme, são mais de 1.440 cômodos. Conhecemos 40 que são abertos para visitação, além dos imensos jardins, do zoológico, do jardim botânico e da Gloriette (monumento construído para comemorar a vitória de Maria Tereza sobre Frederico II, rei da Prússia).

Schloss Schonbrunn (foto em comemoração a.... bom, vocês sabem):
schombrum.jpg

Gloriette:
gloriete.jpg

Momento de matar a sede:
pausa_ceva.jpg

Schonbrunn e seus jardins, visto da Gloriette (os pontinhos pretos são as pessoas):
schombrum_2.jpg

Depois voltamos para o centro para visitar o Palácio Hofburg, residência oficial da Corte. Ele foi construído no século 13 e ampliado desde então até 1918, quando a dinastia chegou ao fim. Visitamos os apartamentos do imperador, uma exposição com a história da Imperatriz Sissi e dos aposentos e louças utilizados por eles. Tudo de impressionar. Com fotos não permitidas (os japas que o digam), assim como no Schloss Schonbrunn, mostramos as imagens de fora do palácio.

Hofburg:
7hofburg.jpg

Era final de tarde e bateu a fome. Aí rolou um lanchinho, coisa light. Um Wiener Schnitzel (vitela de porco empanado, com um tempero...). É o prato típico de Viena.

Schnitzel, do Filgenmiler:
schitzel.jpg

A noite, fomos fazer o programinha básico de Viena: assistir a um concerto de Mozart, Strauss e cia, na ópera. Nunca curti muito música clássica, mas ao vivo, com o maestro fazendo suas caretas e regendo a orquestra, a sensação é fantástica. Também não podia tirar fotos, mas sem querer saiu essa aí (1° fila!!):
concerto.jpg

Ópera de Viena toda iluminada:
opera.jpg

Após a ópera, fomos andar de tram apenas para ver os prédios históricos de Viena iluminados. Grande espetáculo. E de graça.

Percebemos uma coisa diferente na cidade nesta segunda. Muitos policiais pelas ruas, e alguns locais com grades isolando a entrada. Ao chegar a noite no hotel soubemos da morte do Osama Bin Laden e entendemos o reflexo imediato na segurança da cidade.

Publicado por lnsilva 14:18 Arquivado em Áustria Tagged viena Comentários (0)

Dia 5 (parte 1) - Viena

overcast 15 °C

Nosso último dia em Viena foi reservado para as compras. Como desejamos ir para Budapeste no final da manhã, acordamos cedo e fomos às compras.

Depois, foi só pegar as malas no hotel e ir para a estação pegar o trem.

Tchau Viena ! Uma cidade que merece replay.

_

Publicado por lnsilva 14:55 Arquivado em Áustria Tagged viena Comentários (0)

(Textos 1 - 7 de 22) Página [1] 2 3 4 »